FORNECENDO LOCAIS PARA NINHO

Caixas instaladas por cidadão em um poste de rua, próximo a uma mata, em Santa Tereza, ES. Certamente estimulado pela tradição criada nessa cidade com relação às aves, por Augusto Ruschi.

 

As caixas podem ser feitas aproveitando-se sobras de madeira, barateando seu custo. O ideal é tratá-las com óleo de linhaça, para que tenham melhor resistência à umidade, tendo, assim, maior durabilidade. Podem ficar com a cor natural da madeira ou pintadas com tinta marrom fosca.

   

Caixa fabricada com aproveitamento de pellets, para suindara (Tyto furcata), colcadas próximo ao teto de um galpão.

 

 

 

Dimensões das caixas (em cm) sugeridas para algumas espécies

Tamanho

Pequeno

Médio

Grande

Largura da base

Altura da frente

Altura do fundo

Diâmetro da entrada

Altura da entrada

10

14

17

2,5

8

19

30

35

8

17

30

45

50

15

22

Aves que utilizam

Corruíra

Pica-pau-anão

Periquitos

Corujas menores

Pica-pau de tamanho médio

Corujas maiores

Pica-pau de tamanho grande

Tucanos

O teto tem, portanto, uma inclinação, para evitar acúmulo de água. Deve ser um pouco maior que a profundidade da caixa, deixando uma pequena marquise em frente ao ninho. O teto deve ser removível, ou aberto por meio de dobradiça, para limpeza ou inspeção do ninho durante o processo reprodutivo. Para pica-paus florestais e corujas, a caixa deverá ser colocada em lugar meio escondido. Para periquitos campestres poderá ser colocado em lugares abertos. Para corruíra pode ser colocada em beirais de telhados, colunas de alpendres, etc. Restos de madeira podem ser aproveitadas para fazer as caixas. Madeiras brutas dão um resultado melhor, deixando as caixas com um aspecto rústico.

Aproveite restos de tubos de PVC para fazer caixas para ninhos. A parte superior e inferior é fechada com peças de PVC chamadas de cap.

 

 

 

 

Esperiência com ninho coletivo para andorinhas, no sítio da Colônia, Araçoiaba da Serra, SP. Após bom tempo as andorinhas acabaram utilizando-se das caixas.

 

 

Buracos entremeados em um muro de pedras ou mesmo de concreto servirão de local para ninho para corruíras e andorinhas.