Aburria jacutinga

jacutinga

Black-fronted Piping-Guan

 

Ameaçada de extinção (SP)

 

Atualização 18/1/2009

Distribuição Geral

Populações

Sua população foi muito reduzida. Desapareceu na maioria dos lugares onde era comum, inclusive nos vales dos grandes rios paulistas e paraenses, onde era encontrada em qualquer mata. (Sick 1997) Estimativa de densidade com base em um transecto de 290 km foi de 2,24 indivíduos por km2, indicando um número máximo de 851 indivíduos na reserva, mas este número pode ser menor já que a densidade pode ser menor em áreas da reserva menos protegidas (Galetti et al. em preparação, Wege & Long 1995). Fazem migrações altitudinais de 100 a 900 m (Wege & Long 1995).

Ecologia

Habita a mata alta, abundante em palmiteiros (Euterpe edulis).

Tem como alimento predileto os frutos do palmiteiro. (Sick 1997) Realiza migrações altitudinais na Serra do Mar, seguindo a frutificação do palmiteiro, que frutifica mais cedo em altitudes inferiores.

Ameaças

Perda do hábitat, caça. (BirdLife International 2000)

Medidas tomadas

Indicadas dez áreas-chave para sua preservação no Estado (Wege & Long 1995).

Medidas propostas

Nível de ameaça

São Paulo (1998): Criticamente em perigo.

Brasil (IBAMA): Em perigo.

Preservação ex-situ