Tietê-de-coroa

Calyptura cristata

Kinglet Calyptura

 

Ameaçada de extinção (SP)

 

Atualização 18/1/2009

 

Distribuição Geral

 

Registrada apenas para os estados de RJ (Serra dos Órgãos) e SP.

 

Registros no Estado de São Paulo

 

Vistos dois exemplares em julho de 1990 no Parque Estadual da Serra do Mar, no núcleo Picinguaba, Ubatuba, por Tomas Sigrist (Sigrist 2006). Em 2006 Martin Schaefer divulgou relato na Internet do avistamento de um indivíduo na localidade de Folhas Secas (23°27'50,94"S/045°09'44,53"W), Ubatuba, na manhã de 4/3/2006.

 

Ecologia

 

No registro de Tomas Sigrist, os indivíduos estavam junto a bando misto de traupídeos e tiranídeos (entre os quais Euphonia violacea, E. pectoralis, Chlorophonia cyanea, Tachyphonus cristatus, Tolmomyias sulphurescens e Myiopagis sp), nas subcopas de uma mata alta em uma encosta íngreme de um rio encachoeirado. O par pousava em pequenos cipós e galhos verticais, por vezes escalando-os (Sigrist 1996). 

No registro de Folhas Secas a ave foi também vista movendo-se junto com bando misto de dossel, composto principalmente de Tangara seledon, T. cyanocephala, Cyanerpes cyaneus, Chlorophanes spiza e outros. Ele se alimentava em árvore abaixo do dossel a alturas de 13 a 16 metros. A ave se movia rapidamente e executava pequenos vôos, antes de voar para outra copa e assim sucessivamente.

A espécie parece tolerar matas secundárias (BirdLife). Suspeita-se que faça movimentos altitudinais (BirdLife), tendo sido observada em diferentes altitudes (Serra dos Órgãos, RJ e próximo do nível do mar, Folhas Secas).

Explora bromélias, aparentemente evitando o dossel. Foi visto alimentando-se de frutos, sementes e insetos, mas os avistamentos de 1996 na Serra dos Órgãos parece ter preferência pela erva-de-passarinho (BirdLife).