Tinamus solitarius

macuco

Solitary Tinamou

 

Ameaçada de extinção (SP)

 

Atualização 25/4/2011

 

 

Wikiaves

Distribuição Geral

No Brasil do PE ao RS. (Sick 1997)

Populações

Desapareceu de grande parte do interior do estado em decorrência do desmatamento e perseguição pela caça (Willis & Oniki 2003). Sua distribuição hoje é predominantemente na região florestada do leste do estado, onde tudo indica manter populações estáveis. Há diversos registros decorrentes de fotografias (disponíveis no site Wikiaves) que mostram que a espécie é relativamente comum nessa região.

Ecologia

Frequenta a mata limpa e também áreas acidentadas, como córregos e grotas de difícil acesso (Sick 1997), com preferência pelas matas primárias úmidas e quentes (del Hoyo et al. 1992). Alimenta-se andando pelo chão, onde cata sementes, pequenas frutas, outras matérias vegetais, insetos e eventuamente pequenos anfíbios (del Hoyo et al. 1992).

Ameaças

Desmatamento, já que tem exigência de áreas mínimas dos fragmentos. Caça. Com a restrição do desmatamento no estado, especialmente na região da Serra do Mar no leste do estado, certamente permanecerá uma área significativa de hábitat da espécie.

Medidas tomadas

A proibição da caça e leis contra o desmatamento.

Medidas propostas

Desenvolver estudos populacionais visando verificar a situação destas.

Preservação ex-situ

Reproduz-se em cativeiro.