BANDEIRA PAULISTA 

Sou caboclo brasileiro
Das colinas altaneiras
Onde canta os violeiros
Canta o sabiá colera
Sou matuto das queimada
Desta terra brasileira
Onde é bem representada
Nas cor da nossa bandeira

Sou caboclo legionário
Um Bandeirante Paulista
Combatente voluntário
Brasileiro realista
Cada cruiz no calendário
É dum herói nacionalista
E cubrimo seu calvário
No emblema das treze lista

Marchando com todo orgulho
No desfile da parada
O dia nove de julho
Data sempre relembrada
Abraçando com a Bandeira
Das treze lista pautada
São treze lanças guerreira
Guardando a paz consagrada

Bandeira preta listada
Gravada em nossa memória
No berço dos bandeirantes
No livro da nossa história
Cada lista é uma trincheira
Cada trincheira é uma glória
E trás do topo vermelho
Monumento da glória


Sabiá-coleira: Turdus albicollis.