Monte Alegre do Sul

Igreja Matriz Gilberto Lima

O município situa-se na região nordeste do Estado de São Paulo, na região da Serra da Mantiqueira. Trata-se, portanto, de região muito montanhosa. A sede do município situa-se em um vale, percorrido pelo rio Camanducaia.

 

Monte Alegre do Sul nasceu do antigo distrito de Monte Alegre, do município de Amparo. Há pouco mais de 60 anos, a região foi visitada por pesquisadores do então Departamento de Zoologia da Secretaria da Agricultura de São Paulo, hoje Museu de Zoologia da USP. Pesquisas ornitológicas foram feitas por Olivério Mário de Oliveira Pinto, curador da coleção ornitológica do referido Departamento.

 

Os relatos sobre a avifauna local constam em dois de seus trabalhos publicados em 1944 (Sobre as aves do Distrito de Monte Alegre, Município de Amparo e Algumas Adendas à Avifauna de Monte Alegre), nos Papéis Avulsos do Departamento de Zoologia. Também em outra publicação desse mesmo autor, Cinquenta Anos de Investigação Ornitológica, há relato das excursões de coletas ornitológicas, a cargo de José Leonardo de Lima, realizadas nos anos de 1942 e 1943. Entre peles coletadas para o museu e avistamentos de espécies não coletadas, somaram-se 123 espécies. Deve-se ressaltar que o próprio Olivério Pinto chamou a atenção de que tratou-se de um levantamento preliminar, e que “para um conhecimento rigoroso da composição avifaunística da zona seriam necessários alguns anos de atividade no lugar”.

 

O sabiá-poca, Turdus amaurochalinus, uma das espécies registradas por Olivério Pinto. Gilberto Lima

 

Entrada da sede da Fazenda Santa Izabel, administrada hoje por um dos netos do senhor Ovídio Truzzi,

que recebeu Olivério Pinto em 1943 na Fazenda Bom Jesus. Gilberto Lima

Uma das localidades visitadas por Olivério Pinto foi a Estação Experimental. Pertencente à Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo, conta com significativa área, em processo de recuperação da vegetação florestal. Gilberto Lima

 

Vista de um bairro novo e da Estação Experimental, que abrange o morro com mata à esquerda (Morro do Bugio), a mata à direta, na parte baixa, ao lado do rio Camanducaia, e os morros ao fundo. Gilberto Lima